VCT Masters: veja quais games os atletas do Mundial jogavam antes de Valorant

A maioria dos 50 pro players em Reykjavík vieram do CS:GO, mas existem outros esports

O Valorant inicia o capítulo mais importante de sua história competitiva nesta segunda-feira (24/05/2021) com o começo do Valorant Champions Tour 2021: Stage 2 Masters. Na época de seu lançamento, em maio de 2020 com a versão beta e junho de 2020 oficialmente, muito se falava de como o game poderia competir e até destruir o CS:GO, FPS mais popular do mundo.

Muito chão rolou e diversos atletas notórios do CS:GO fizeram a esperada migração, como Adil “ScreaM” e Elias “Jamppi”, hoje na Team Liquid. Outros Esports também sofreram com debandadas, como o Overwatch, que perdeu estrelas como Jay “sinatraa”. Após quase um ano de cenário competitivo estabelecido do Valorant, vários outros esports sofreram com isso.

Por ser uma novidade, quando o jogo surgiu ele atraiu diversos aspirantes a jogadores profissionais e, principalmente, pro players de outras modalidades que buscavam novos desafios no Valorant. Atletas cansados de suas modalidades ou sem perspectiva de grandes conquistas tentaram a sorte no novo FPS.

Foto: Divulgação

O que os atletas do Mundial faziam?

A Rush Arena mapeou a origem dos 50 atletas que jogarão esse VCT Masters, separando cada um pelos times que representam e considerando os Esports que eles eram profissionais antes da transição para o Valorant.

Nossa apuração mostrou que todos eles vieram de oito jogos distintos, seis deles também de estilo FPS, um Battle Royale e um MOBA. São eles: CS:GO, Crossfire, Paladins, Overwatch, Point Blank e Apex Legends, representantes dos FPS, Fortnite, um Battle Royale, e League of Legends, único MOBA da lista.

Existe ainda uma nona categoria, a de nenhum deles. Ou seja, alguns atletas iniciaram sua trajetória competitiva somente no próprio Valorant. Veja a quantidade por cada jogo:

  1. CSGO (FPS): 28 pro players
  2. Fortnite (Battle Royale): 4
  3. Overwatch (FPS): 4
  4. Crossfire (FPS): 2
  5. Paladins (FPS): 2
  6. Point Blank (FPS): 2
  7. Apex Legends (FPS/Battle Royale): 1
  8. League of Legends (MOBA): 1

    Nenhum: 6

Abaixo, a origem de cada player por organização. À esquerda, estão os nomes e apelidos usados atualmente pelos jogadores, enquanto à esquerda estão os jogos em que esses atletas eram profissionais antes de migrarem para o Valorant. Entre parêntesis, os times mais relevantes que jogaram no passado, se houver:

Sentinels

  • Shahzeb “ShahZam” – CS:GO (Cloud9, OpTic, Col)
  • Hunter “Sick” – CS:GO (TSM, Misfits)
  • Jared “zombs” – Apex Legends (Sentinels)
  • Michael “dapr” – CS:GO (eUnited, Singularity)
  • Tyson “TenZ” – CS:GO (Cloud9)

Version1

  • Anthony “vanity” – CS:GO (Chaos EC)
  • Loic “effys” – CS:GO (LiViD Gaming)
  • Erik “penny” – CS:GO (Triumph)
  • Jordan “Zellsis” – CS:GO (Cloud9)
  • Maxim “wippie” – CS:GO (Chaos EC)

Team Liquid

  • Dom “soulcas” – CS:GO (Fierce Esports)
  • James “Kryptix” – CS:GO (Endpoint)
  • Travis “L1NK” – CS:GO (Vexed)
  • Adil “ScreaM” – CS:GO (G2, Team Envy)
  • Elias “Jamppi” – CS:GO (ENCE)

Fnatic

  • Jake “Boaster” – CS:GO (CeX, exceL)
  • Domagoj “Doma” – Fortnite
  • James “Mistic” – Fortnite
  • Nikita “Derke” – CS:GO (KOVA Esports)
  • Martin “Magnum” – Nenhum

NUTURN Gaming

  • Jung “peri” – CS:GO (MVP PK)
  • Park “allow” – CS:GO (autocracy.kr)
  • Seo “Suggest” – Nenhum
  • Kim “Lakia” – CS:GO (Lucid Dream)
  • Kang “solo” – CS:GO (MVP PK)

Team Vikings

  • Leandro “frk” – Paladins (Spacestation Gaming, Parallax)
  • Gustavo “gtnziN” – Crossfire
  • Matias “Saadhak” – Paladins (Spacestation Gaming)
  • Gabriel “sutecas” – CS:GO (INTZ, Redemption POA)
  • Gustavo “Sacy” – LoL (RED Canids)

YNG Sharks Esports

  • Matheus “DeNaro” – Crossfire
  • Matheus “fraSAN – CS:GO (Falkol, FURIA Inagame)
  • Winicius “light” – Point Blank (Black Dragons)
  • Gabriel “gaabxx” – CS:GO (RED Canids, Virtue Gaming)
  • Wallacy “prozin” – Point Blank (Black Dragons)

KRÜ Esports

  • Nicolas “Klaus” – Overwatch (Uprising Academy)
  • Roberto Francisco “Mazino” – CS:GO
  • Juan Pablo “NagZ” – CS:GO (Oversport Gaming)
  • Benjamin “bnj” – Nenhum
  • Joaquín Ignacio “delz1k” – Nenhum

Crazy Raccoon

  • Hiroto “rion” – Overwatch (Libalent Supreme)
  • Jyousuke “zepher” – Fortnite
  • An “Medusa” – Fortnite (T1)
  • Yusuke “neth” – CS:GO (Ignis)
  • Byeon “Munchkin” – Overwatch (Seoul Dynasty)

X10 Esports

  • Thanamethk “Crws” – CS:GO (2Be Continued)
  • Itthirit “foxz” – CS:GO (APLHA Red)
  • Nutchaphon “sScary” – Nenhum
  • Panyawat “sushiboys” – Nenhum
  • Patiphan “Patiphan” – Overwatch (Talon Esports)