Sean Connery também brilhou nos games; Relembre

Astro reencarnou 007 pela última vez com From Russia With Love para PS2, XBox , Game Cube e PSP

Sean Connery, falecido neste sábado (31/10/2020), foi o primeiro intérprete do espião James Bond nos cinemas e um dos artistas mais renomados do último século, tendo vencido o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua participação em ‘Os Intocáveis’, de Brian de Palma, em 1988. Seu legado na sétima arte é inegável, mas o que poucos se lembram é de sua contribuição para os universos dos games ao aceitar reviver o papel icônico para o jogo 007: From Russia With Love, de 2005, lançado para PS2, XBox, Game Cube e PSP.

O mais interessante de From Russia é que o próprio Sean Connery aceitou dublar a ele mesmo no jogo, sendo sua única volta ao papel do espião que o consagrou nos cinemas entre 1963 e 1971 em seis filmes. No making off da obra, que pode ser vista no vídeo abaixo, Sir Sean reconhece que é sua estreia nos games e parece animado em interpretar de novo o 007. Apesar disso, foi sua única participação no universo dos games.

Tendência

O jogo revolucionou a franquia nos consoles não apenas por trazer a perspectiva em terceira pessoa, quebrando a sequência de First Person Shooter (FPS) introduzidos em títulos de sucesso como GoldenEye, Nightfire e Agent Under Fire, mas por transplantar com maestria a nostalgia de um filme dos anos 1960 para uma geração moderna de videogames. Títulos como The Warriors, baseado em um filme homônimo dos anos 1970, e The Godfather, versão virtual do clássico de Coppola, foram lançados na mesma época e com uma pegada similar.

O jogo em si recebeu críticas mistas da mídia especializada. No site Metacritic, que faz uma média das notas recebidas por diferentes veículos, o título recebeu entre 69 de 100, na versão para PS2, e 71, na versão para XBox. Apesar disso, a recepção do público foi melhor, com 7.7, de 10, como nota média.

Abaixo, veja um pouco da gameplay com alguns momentos da dublagem icônica de Sir Sean Connery e momentos intesos das boas fases desenvolvidas para a obra. R.I.P.: